Bússola, cuidados para o apontamento de antenas

Cadastre-se e receba as novas postagens por E-mail:

2000 usuários cadastrados

Fio de alta tensão e os cuidados para o uso das bússolas

Chegando o fim do tema bússolas no apontamento de antenas, onde discutimos diversos temas ligados ao uso da bússola. Hoje iremos falar um pouco sobre os cuidados que devemos ter para apontar nossas antenas e como guardar nossas bússolas.

Bússola, cuidados para apontarmos antenas

Muitas pessoas que apontam antenas, indicam ou usam bússolas para este trabalho. Eu por exemplo, quando estou tendo dificuldades para apontar minhas antenas para um satélite desconhecido, utilizo a bússola para simplificar esta tarefa.

Mas o que muita gente não sabe, é o fato de termos que tomar alguns cuidados com o uso das bússolas no apontamento de antenas, ou em outras situações de uso. Pois as bússolas magnéticas geralmente possuem agulhas magnetizadas e podem sofrer grandes interferências em seus resultados. Essas interferências são causadas principalmente por metais como o ferro, o aço, o níquel e o cobalto. Então quando formos apontar nossas antenas, temos que mantê-las afastadas desses tipos de metais, entre outros. Alguns sites oferecem distâncias de certos metais para o uso da bússola, eu não irei citar essas distâncias, pois quando apontamos antenas, ficamos próximos as casas; e não no mato, como é citado a maioria dos exemplos para o uso das bússolas magnéticas. Assim, carros e fios de energia entre outros, ficam próximo da bússola, o melhor exemplo é o suporte das antenas antigas, principalmente banda C, que eram produzidos de ferro.
Como citado acima, qualquer fio ou cabo que passe energia “pode criar ímãs”. Com isso, não devemos usar nossas bússolas magnéticas próximas a estes fios, principalmente fios de alta tensão.

Bússola cuidados para armazená-las

Cuidados com a bússola no apontamento de antenas

Outro ponto importante para o uso correto das bússolas, é armazená-las em locais adequados. Eu mesmo tenho uma vivência a respeito, pois minha bússola esta com defeito por conta de uma péssima armazenagem.
Eu não sei dizer ao certo qual o material que estragou minha bússola, pois quando fiz o armazenamento deixei próximo a chaves de fenda e chaves de boca, mas o que eu acredito que tenha procedido o defeito, foi o inclinômetro, que possuí um imã. No dia que percebi o defeito, o inclinômetro não estava próximo, a bússola estava próxima as chaves, mas eu recordei que havia deixado o inclinômetro ao lado uns dias antes. Por causa de um péssimo armazenamento terei que fazer a compra de uma nova bússola.
Então, quando formos armazenar nossas bússolas magnéticas, lembre de deixar longe dos metais citados acima, longe de imãs, isso incluí a rede elétrica. Pois quanto mais cuidados termos com essas bússolas, mais tempo elas durarão.
Outro ponto importante para chamarmos a atenção, é o fato de tudo o que foi citado como péssima maneira de uso e armazenamento, eles podem tirar a precisão de uma bússola; e isso tende a dificultar os nossos apontamentos de antenas, pois mais difícil ficará para acharmos determinados satélites.
Por fim, ressalto que nos casos de bússolas com envólucro cheio de líquido, temos que observar se estes possuem bolhas, que é um defeito que irá atrapalhar na precisão das bússolas magnéticas.
Assim chegamos ao fim sobre essa série sobre o uso das bússolas no apontamento de antenas, mas com o tempo surgirão novas postagens a respeito.

Deixe uma resposta