Como usar o inclinômetro no SATF?

Como usar o inclinômetro no SATF?

Para aqueles que acessaram o SATF em suas versões 2.4 e 2.5, puderam visualizar modificações na janela instantânea. Foram adicionados e removidos elementos, o que pode trazer um melhor entendimento no apontamento de antenas, desde que o usuário saiba utilizá-lo.

*Esta postagem irá tirar dúvidas de como retirar o máximo dessas modificações do SATF 2.5, pois novas versões podem sofrer alterações.

Sabemos que os principais resultados para um apontamento correto de uma antena, é o “azimute magnético” (bússola), “LNB SKEW” (giro do LNBF) e “inclinômetro“. Assim, muitos já estão acostumados com dados padrões aplicados em diversos programas, o que pode trazer complicações no uso do SATF, pois foi removido dois destes dados da janela instantânea, “azimute verdadeiro“, que não possui uso direto no apontamento de uma antena, e a “elevação“, que por muitas vezes confunde o usuário, pois a mesma se refere a elevação do feixe eletromagnético, e não o uso do inclinômetro atrás da antena.

*Todos estes dados continuam a existir no SATF, basta acessar o botão de configurações.

SATF 2.5
SATF 2.5

Essa remoção ocorreu para facilitar a busca de dados para o apontamento. Dessa forma, ganhou-se dois novos elementos, que são o “inclinômetro focal” e o “inclinômetro offset“. Destes, percebeu-se a existência de inclinômetros com dupla base magnética, que pode vir a retornar dados distintos como uso do inclinômetro. Assim, cada qual passou a ter dois valores diferentes , trazendo uma maior fidedignidade para os que souberem utilizar esta versão do SATF.

O inclinômetro focal remete a uma antena focal point, mais usual na banda C. São em sua maioria antenas teladas, com o LNBF no centro da antena, seguro principalmente por uma “bengala”. Já o inclinômetro offset, remete a antenas offset, essas utilizadas em sua maioria na banda Ku, possuindo tamanhos médios de 60cm, e uma defasagem do LNBF ao centro do prato, por conta do angulo offset.

Cadastre-se e receba as novas postagens por E-mail:

2000 usuários cadastrados

Entendendo estes dois tipos de inclinômetros, vamos a parte de uso dos valores retornados no SATF, pois como podemos analisar, existem dois valores distintos, para usos diferenciados do inclinômetro.

Eles se diferem pelas setas que aparecem em sua frente, assim:

↥ : Base do inclinômetro na Vertical marcando 90º.

INCLINÔMETRO 90º
INCLINÔMETRO 90º.

↦ : Base do inclinômetro na Horizontal marcando 0º.

INCLINÔMETRO 0º
INCLINÔMETRO 0º.

N/A : Não aplicável, ou seja, pode não ser possível realizar a elevação da antena para este determinado satélite.

(-) : Ângulo negativo, usado apenas na elevação da antena offset, ou seja, a elevação que a antena recebe em uma inclinação contrária a habitual.

INCLINÔMETRO (-) 70º
INCLINÔMETRO (-) 70º.

Neste exemplo, perceba que a base magnética está na vertical marcando 70º, caso esta estivesse na horizontal, marcaria o valor de 20º.

Conclusão

Podemos concluir que o SATF passou a oferecer todos os principais dados para o apontamento correto de sua antena, realizando o processo contrário dos demais programas da área.

Deixe uma resposta