Configurar o localizador de satélites digital

Antes dessa postagem, muito se falou sobre localizadores de satélites e vimos a importância deste no apontamento de antenas.

Hoje iremos falar sobre a configuração que devemos realizar, para conseguirmos usar nossos localizadores. Como vocês sabem, existem inúmeras marcas e modelos, com isso, cada um possui suas peculiaridades, pois um é mais avançado que o outro, mas no geral, a forma de configurar o software para realizar o apontamento é basicamente o mesmo.

Configurar o localizador de satélites digital

Para configurarmos nosso localizador de satélites digital, devemos ficar atentos na bateria do aparelho, caso este possua, faça o carregamento, do contrário conecte ao receptor e faça a configuração.
Sempre que iremos configurar qualquer localizador mais moderno, devemos adicionar os satélites mais usuais.
Adicionar satélites.
Adicionar satélites.

A – Temos que adicionar os satélites, pois cada satélite possui TPs diferentes. Então um TP de um satélite pode não servir para o outro. 

B – Devemos colocar os nomes nos satélites, geralmente uso o nome do satélite com seu respectivo posicionamento (ex: C2 70W).
C – Sat Longitude é o posicionamento do satélite no cinturão de Clarke.
D – Essa opção vocês escolhe a voltagem do LNB, sempre deixei automático (13 e 18 v).
E – LNB Type é muito importante, pois é o oscilador local, se estiver com dados errados não irá encontrar nenhum sinal. Verifique no LNB que irá usar, qual o seu oscilador local. LNB banda C monoponto geralmente usa-se (5150) e multiponto (5150/5750), banda KU usa-se geralmente (9750/10600) que é o valor que tratamos como universal.
F – Caso use chave de tom 22khz, tende-se a usar a opção “automático” ou “on”. Ás vezes a opção “autonático” já equivale a “off”.
G – Se utilizar chave DISEcQ 1.0, selecione o mesmo número que foi adicionado o cabo coaxial na chave DISEcQ, o mesmo serve para a DISEqC 1.2.
Após adicionar o satélite, temos que adicionar os TPs do satélite. Escolha sempre os melhores TPs, mas cada região pode ser diferente, dê preferência a TPs fortes.
Adicionar Tps no satélite.
Adicionar Tps no satélite.

No exemplo acima eu iria clicar em Add e adicionar as melhores TPs para minha região.

Adicionando TPs
Adicionando TPs.

H – Basta digitar a frequência, o SR (Symbol rate) e a polarização (H ou V).

Feito estes passos, seu localizador de satélites estaria preparado para buscar o satélite pretendido.

Conclusão

Podemos concluir que no geral dos localizadores de satélites, a ideia de configuração é a mesma. Mas cada marca e modelo são únicos e podem usar outros termos e locais para dispor as opções. Assim de uma maneira geral, é muito simples realizar a configuração de um localizador de satélites, pois basta adicionar os dados do satélite e dos TPs, com as configurações do seu LNB e das chaves que virá a usar.

Deixe uma resposta