Impedância dos cabos coaxiais na banda C e Ku

Sempre que formos realizar a compra de qualquer material para instalação de antenas, devemos levar em consideração alguns detalhes básicos. Para os cabos coaxiais não é diferente, existem fatores que influenciam antes da compra, um desses é a impedância dos cabos coaxiais, que é o tema dessa postagem.

Impedância dos cabos coaxiais banda C e Ku

Cabos Coaxiais 75 Ohms
Cabos Coaxiais 75 Ohms.
Em nossas primeiras postagens sobre cabos coaxiais, trouxe trechos das resolução que aprovam a Norma para Certificação e Homologação dos mesmos. Entre eles, os mais usuais para instalações de antenas C e KU são os da resolução nº470 pelo conselho diretor da agência nacional de telecomunicações. Essa resolução aprova a Norma para Certificação e Homologação de Cabos coaxiais flexíveis de 50 ohms ou 75 ohms e os da resolução nº467 pelo conselho diretor da agência nacional de telecomunicações. Essa aprova a Norma para Certificação e Homologação de Cabos Coaxiais Flexíveis de 75 Ohms com trança de Fios de Alumínio.
Veja que estas resoluções possuem em comum o fato dos cabos coaxiais serem flexíveis e com impedância de 75 Ohms. Dessa forma, de uma maneira mais simples, impedância é a carga resistiva total de um circuito CA (Corrente alternada), ou seja quando um determinado componente cria uma resistência e gasta energia em forma de calor, tem se o Efeito Joule, isso chamamos de resistência, e se o componente não gasta energia em forma de calor temos a reatância, então quando estão presentes a resistência e reatância chamamos de impedância.
Quando essa é aplicada a cabos coaxiais, nossas resoluções certificam e homologam cabos com 50 Ohms e 75 Ohms. A impedância não é um fasor, mas é expressa como um número complexo, possuindo uma parte real, equivalente a resistência R, e uma parte imaginária, dada pela reatância X. A impedância também é expressa em ohms (símbolo: Ω), e designada pelo símbolo Z. Indica a oposição total que um circuito oferece ao fluxo de uma corrente elétrica variável no tempo.

Dessa forma, essas resoluções especificam onde devem ser aplicados os cabos coaxiais. Todos os que são flexíveis de 75 ohms com trança de fios de alumínio, tem aplicação em redes externas e internas para transmissão de sinais de banda larga e outros sinais de telecomunicações.

Já os cabos coaxiais flexíveis de 50 ohms ou 75 ohms possuem aplicação interna predial ou em áreas externas, quando utilizados para interligação de antenas ou equipamentos para transmissão de sinais de telecomunicações. Os cabos coaxiais resultantes desta norma não se aplicam em sistemas de CATV.

Dados Elétricos e Blindagem cabos coaxiais
Dados Elétricos e Blindagem cabos coaxiais.
Então, deve haver casamento em todos os materiais utilizados. Assim, quando verificarmos a impedância em produtos voltados para banda C e Ku, percebemos conectores, emendas, cabos coaxiais entre outros, com impedância de 75 Ohms. E é este valor que deve ser usado nos cabos coaxiais.
Caso isso não ocorra, pode haver atenuação, perda de sinal, fantasmas nas imagens, perda de imagem causando baixa qualidade.
Por fim, antenistas e satentusiastas que se prezem, analisam todos estes tipos de informações, pois dessa forma poderão prestar e realizar um ótimo serviço.

Conclusão

Podemos concluir que a impedância é grande parte da solução para a compra de um cabo coaxial para banda C e KU, devendo ser priorizada durante a compra. A não analise desse fator, pode implicar em problemas futuros.

Deixe uma resposta