Satélites geoestacionários

Satélites geoestacionários – Vídeo – Releitura da postagem em vídeo.
Satélites Geoestacionários
Satélites Geoestacionários.

Hoje iremos falar um pouco sobre satélites geoestacionários. Estes são os mais utilizados em nosso dia-a-dia.
Para entendermos melhor o que são satélites geoestacionários, antes recomendo a leitura desta postagem que fala sobre satélites artificiais:

Primeiro ponto que devemos nos atentar sobre satélites geoestacionários, é que estes são satélites que aparentam estar fixos em um determinado ponto no espaço. Este ponto geralmente é próximo a linha do equador.

Satélites Geoestacionários
Satélites Geoestacionários.

Como foi dito, eles aparentam estar fixos em um determinado ponto, mas não é bem assim. Pois a terra não é perfeitamente esférica, possui irregularidades no campo gravitacional, junto com pertubações orbitais ( Atrações da Lua e do Sol, entre outras).
Então, com o passar do tempo a posição desses satélites devem ser corrigidas. Assim nosso texto gera outros temas que serão debatidos mais a frente. Temas como: tempo de vida de cada satélite e sobre suas inclinações.
Outros pontos importantes de um satélite geoestacionário é o fato desses serem utilizados por nós no decorrer do nosso dia. Um exemplo é uma antena de TV ( Banda C ou KU). Estas estão apontadas para um satélite geoestacionário. Percebam que você nunca precisa mudar de lugar a antena com o decorrer dos anos. Ela permanece sempre no mesmo local, a menos que tenhamos problemas climáticos que moveram sua antena da posição original.

Antenas apontadas para satélites geoestacionários
Antenas apontadas para satélites geoestacionários.

Os satélites geoestacionários possuem outras características como:

  1. Uma volta na terra por dia (24 horas);
  2. Possuem a mesma velocidade angular do que a terra;
  3. São satélites principalmente de comunicações e de observações de regiões específicas da terra;
  4. Para entrar em órbita, necessitam de uma velocidade de 28.800 km/h;
  5. Distância fixa de 35 786 km acima do nível do mar;
  6. São utilizados principalmente antenas fixas na terra;
  7. A posição do Equador que os satélites se encontram , chama-se Cinturão de Clarke.

Conclusão

Podemos concluir que os satélites geoestacionários são usados principalmente pelos meios de comunicações. Para ser este tipo de satélites, existem características de posicionamento específicos, como as citados acima.

Deixe uma resposta