Tipos de bússolas

Tipos de bússolas – Vídeo – Releitura da postagem em vídeo.

Em nossa última postagem começamos a falar sobre bússolas, que é um instrumento que possui grande relevância no apontamento de antenas.

Dando continuidade a postagem, iremos falar um pouco sobre os tipos de bússolas. Como temos mais referência sobre bússolas magnéticas, pois dependendo de sua denominação encontra-se muitos conteúdos pela internet; optamos por utilizar o conteúdo publicado por Luiz Ferraz Netto, em seu site Feira de Ciências.
Para vocês obterem mais informações sobre essas bússolas, basta entrar no site referenciado no final da postagem.

Tipos de bússolas

Nesta postagem irei mostrar para os antenistas e satentusiastas, quais os tipos de bússolas que existem e suas denominações. Tendo este conhecimento, você terá uma noção de qual bússola deverá comprar para apontar suas antenas.

Bússola Magnética

A bússola magnética possui uma agulha magnética e é atraída para o polo magnético terrestre. Essa agulha gira em torno de um eixo vertical. Ela possui uma caixa não ferro magnética que pode conter ar ou líquido.
A bússola magnética é a mais usada para apontar antenas, além das denominações que serão citadas abaixo, alguns sites denominam algumas bússolas magnéticas de acordo com o seu estilo, os mais conhecidos são a bússola cartográfica (geográfica)bússola militar, entre outros.
Seguindo a postagem do site Feira de Ciências, temos as seguintes denominações: topográfica, de mineração, náutica, de declinação, de inclinação e geológica.

Bússola Topográfica
Bússola Topográfica.

Bússola Topográfica: Utilizada sobre um tripé, mantendo-se sobre a horizontal.
Bússola de mineração: É um instrumento usado nas pesquisas de minerais fortemente magnéticos.
Bússola náutica (ou de rota): É uma bússola especial formada de uma caixa de cobre ou de latão, contrabalanceada com chumbo e suspensa de modo a manter sempre a posição horizontal, qualquer que seja o movimento da nave (suspensão Cardan).
Bússola de declinação: Esta serve para medir a declinação magnética, isto é, o ângulo que o meridiano magnético forma com o meridiano astronômico. É sinônimo de declinômetro.
Bússola de inclinação: Serve para medir a inclinação magnética, isto é, o ângulo que forma com a horizontal uma agulha magnetizada móvel, no plano do meridiano magnético. É sinônimo de inclinômetro.
Bússola geológica: É empregada para medir os valores angulares relativos à direção, imersão e inclinação de camadas.

Bússola repetidora 

É um tipo particular de bússola, no qual a rosa de leitura não é diretamente orientada pelo campo magnético, mas está submetida mediante dispositivos de vários gêneros, a rosa de leitura de uma bússola magnética.

Bússola a indução terrestre 

O seu princípio de funcionamento é baseado na variação da indução eletromagnética causada pela presença do campo magnético terrestre, muito conhecida como bússola de Guerra.

Bússola giroscópica 

Bússola giroscópica
Bússola giroscópica.

Baseia-se na propriedade de inércia ou da estabilidade do eixo giroscópico (efeito giroscópio).

Telebússola giromagnética 

Usada na navegação aérea.

Bússola à luz solar 

Baseia-se no princípio de que a luz solar é parcialmente polarizada; assim, sendo a polarização máxima em direção perpendicular ao raio incidente do sol, é possível obter pelo plano de polarização a direção do sol.

Bússola eletrônica 

É constituída de um tubo eletrônico, no qual o feixe emitido focaliza-se sobre uma tela fluorescente.

Conclusão

Podemos concluir que existem diversos tipos de bússolas e dentre estas, algumas possuem denominações. Para os antenistas e satentusiastas, as principais bússolas são as magnéticas, principalmente com estilo militar e geográfico.

REFERÊNCIA:

Deixe uma resposta