Trilho com discos escalares para banda C

Trilho com discos escalares para banda C

Há alguns meses atrás, descrevi um pouco sobre os trilhos nos kits caronas. Nesta postagem, irei mostrar como fazer trilhos para kits caronas, dando detalhes das experiências dos testes. Ela será dividida em duas partes, uma mostrando um trilho, que utiliza discos escalares, e outra utilizando uma barra chata.

Antes, recomendo a leitura das seguintes postagens:

Trilho com discos escalares

Na banda C, este é o trilho mais utilizado, e o mais vendido. O mesmo apresenta uma abertura em seu centro, onde irá correr os discos escalares. Estes devem ser cortados, para alcançar os satélites desejados.

A imagem abaixo demostra este tipo de trilho (1):

Base do trilho
Base do trilho

Observações: Este trilho pode ser feito de alumínio, ou mesmo de ferro, entre outros materiais. Caso utilize alumínio, não use LNBFs pesados, pois eu tenho um em minha casa (antigo), que pesa 1.471Kg, e nessa situação poderá não suportar o LNBF, dependendo da distância do carona.

A) Trilho de alumínio

É o trilho mais vendido, pois o alumínio é de fácil manuseio, comparado ao ferro. Como iremos fazer manualmente, precisaremos de poucos materiais.

Materiais:

  • Esmerilhadeira ou arco de serra.
  • Furadeira

Perceba que são poucos os materiais para este tipo de serviço. O que mais recomendo é o uso de uma bancada, para que o corte saia melhor, pois com a esmerilhadeira o corte não será preciso, e até mesmo com o “arco de serra”, onde necessitaremos de uma furadeira para realizarmos o primeiro corte.

TRILHO KIT CARONA
TRILHO KIT CARONA

Os tamanhos dos trilhos irão depender do tamanho da antena e dos caronas que iremos utilizar. O exemplo acima foi feito para uma antena de 2.20 metros, onde podemos utilizar no máximo 5 LNBFs, com distância de 20º total.

Cadastre-se e receba as novas postagens por E-mail:

2000 usuários cadastrados

Não é fácil encontrar uma barra do tipo, mas tente buscar uma com uns 3 cm, no qual irá facilitar durante o corte. O valor gasto com produtos, caso tenha o material em mãos, fica em torno de R$2,50 (Apenas o alumínio).

B) Trilho de ferro

O trilho que se utiliza de ferro, sua construção deverá ser diferente, pois iremos gastar muito dinheiro com serras, além do tempo gasto para o corte.

Por isso, recomendo o uso da solda. Basta soldar algumas barras chatas de 1 cm, com uma dupla camada.

Caso não tenha máquina de solda em casa, busque em sua cidade alguém que trabalhe com algo do tipo. Eu tenho a máquina, mas resolvi pagar para uma pessoa fazer, ele me cobrou R$15,00 em um trilho de 120 cm.

Material:

  • Esmerilhadeira ou arco de serra.
  • Máquina de solda
TRILHO KIT CARONA FERRO
TRILHO KIT CARONA FERRO

Caso o trilho seja grande, utilize da dupla camada, soldando uma barra na outra. Temos que analisar, que quanto maior o trilho, maior será o movimento no centro, onde os parafusos podem se soltar. Com isso, a melhor solução é fazer um trilho de uma barra ou soldar o centro.

Os gastos com um trilho do tipo (caseiro), não ultrapassam o valor de R$10,00. É mais caro que um trilho de alumínio, e mais resistente, mas podemos ter problemas com ferrugem. No fim das contas, é melhor pagar entre R$10,00 e R$20,00, do que fazer manualmente.

Obs: A largura central dependerá do parafuso utilizado, caso faça ele em um tamanho maior que a cabeça do parafuso, use arruelas.

Conclusão

Podemos concluir que a construção de um trilho para kit carona não é uma tarefa difícil, que poderá nos trazer uma economia, visto que alguns kit caronas para banda C, possuem valores elevados.

Deixe uma resposta